Make your own free website on Tripod.com
Time Feijão Esportes!!
Home
Futebol
Volei
Basquete
Handebol
Atletismo
Ginastica Artistica
Judo e Ju Jitsu
Natacao
Quem Somos
Contato
Mapa do Site
Bibliografia

História do Judô e do Ju-Jitsu

                                                                       

Judô

Baseado em contos e lendas, a origem documental do combate corporal é imprecisa. O texto do Prof. Carlos Catalano Calleja, que foi um dos maiores estudiosos do Judô no Brasil, mostra um pouco da história do início destes combates, que deram origem ao Ju-jitsu.
O início do desenvolvimento histórico do combate corporal se perde na noite dos tempos. A luta, inclusive por necessidade e sobrevivência, nasceu com o homem e, a esse respeito, os documentos remontam os tempos mitológicos.
Um manuscrito muito antigo, o Takanogawi, relata que os deuses Kashima e Kadori mantinham poderes sobre os seus súditos graças às suas habilidades de ataque e defesa.
A Crônica Antiga do Japão (nihon Shoki), escrita por ordem imperial no ano de 720 de nossa era, menciona a existência de certos golpes de habilidade e destreza, não apenas utilizados nos combates corporais mas também, como complemento da força física, espiritual e mental, relatando uma história mitológica na qual um dos competidores, agarrando o adversário pela mão, o joga ao solo, como se lançasse uma folha.

 

 

Ju-Jitsu

Várias são as conjecturas sobre o desenvolvimento histórico do ju-jitsu, mas há fortes indícios de que sejam meras suposições baseadas em lendas ou contos, que guardam uma íntima relação com o aparecimento de certas academias.
Uma delas descreve que, por volta de 1650, um monge chinês, Chin Gen Pin, teria idealizado terríveis golpes denominados "tes", com o objetivo de matar ou ferir gravemente um ou mais adversários, mesmo armados.
Alguns anos depois, quando vivia no Japão, conheceu e fez amizade com três samurais inferiores. O chinês ensinou-lhes todos os "tes" que sabia. Maravilhados com os resultados que poderiam ser alcançados, os três japoneses submeteram-se a um longo treinamento e dedicaram-se a aperfeiçoar a terrível arte do monge chinês.
Algum tempo depois, os três japoneses resolveram separar-se e partiram pelo Japão afora, profissionalmente, a divulgar os seus fabulosos golpes. Conta-se que conseguiram transmitir a "arte do monge chinês", a muitos discípulos. Estes, por sua vez, fundaram as suas próprias academias e assim foi desenvolvendo-se um tipo de luta que teria sido denominado ju-jitsu.

Todos Os Direitos Reservados ®